Sexta-feira, 11 de Setembro de 2009

Ontem. Com a tradução de Os Detectives Selvagens e um colóquio em Pequim. A notícia aqui.

 

 



por 2666 às 11:53
link do post | comentar

Quinta-feira, 3 de Setembro de 2009

 

«Ninguém melhor do que Roberto Bolaño para descrever o hilariante e improvável triunfo de Roberto Bolaño. O que é uma pena porque ele está morto. No momento da sua morte, em 2003, Bolaño era um dos grandes escritores de língua espanhola, mas virtualmente desconhecido e ainda não traduzido para inglês. Não é difícil de perceber que assim tenha sido. Bolaño era um escritor difícil, zangado e auto-reflexivo que levava uma vida errática e ocasionalmente infeliz.»

 

Mais sobre Roberto Bolaño, 2666 e como este seu livro póstumo se tornou no melhor livro de 2008, na Time, para ler aqui.

 





Arquivo

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

tags

todas as tags

«Um livro contra o esquecimento que, nas suas qualidades e nas suas imperfeições, é uma profissão de fé no poder da literatura.» Bruno Vieira Amaral
Subscrever por RSS