Sábado, 5 de Setembro de 2009

«Encontramos os amigos todos em 2666, é como ir ao café do bairro.» Rogério Casanova está a ler 2666, na edição da Quetzal (tradução de Cristina Rodriguez e Artur Guerra) e publica em primeira mão um excerto do livro.



por 2666 às 23:48
link do post | comentar

2 comentários:
De Ana Reis a 6 de Setembro de 2009 às 10:28
Querido(a) novo(a) amigo(a),estou precisanda muito de novos amigos pra me auxiliarem no meu projeto. Estou criando uma minibiblioteca comunitária e outras atividades pra crianças e adolescentes na minha comunidade carente aqui na minha comunidade carente no Rio de Janeiro,eu sózinha não conseguirei,mas com a ajuda dos amigos sim. Já comprei 120 livros e também ganhei livros até de portugal dos meus amigos dos meus blogs no google: Eulucinha.blogspot.com ,se quiser pode visitar meus blogs do google,ficarei muito contente. A campanha de doações que estou fazendo pode doar qualquer quantia no Banco do Brasil agencia 3082-1 conta 9.799-3 ou pode doar livros ou pode doar máquina de costura ou pode doar retalhos,ou pode doar computador usados. Qualquer tipo de doação será bemvinda é só mandar-me um email para: asilvareis10@gmail.com , eu darei o endereço de remessa. As doações em dinheiro serão destinadas a compra de livros,material de construção,estantes,mesas,cadeiras,alimentos,etc. Se voce puder arrecadar doações para doar ao meu projeto serei eternamente grata. Muito obrigado pela sua atenção.


De Elas a 6 de Setembro de 2009 às 19:33
Estou a iniciar-me no mundo da Blogosfera

Se puderem passem por aqui:
http://palpitefinal.blogs.sapo.pt/

Espero que gostem


Comentar post

Arquivo

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

tags

todas as tags

«Um livro contra o esquecimento que, nas suas qualidades e nas suas imperfeições, é uma profissão de fé no poder da literatura.» Bruno Vieira Amaral
Subscrever por RSS